Acessar Credit Consult Acessar Credit Consult


Notícias

WhatsApp lança função de pagamentos no Brasil; saiba como funciona

Data: 16/06/2020 - Fonte: Pequenas Empresas Grandes Negócios
WhatsApp lança função de pagamentos no Brasil; saiba como funciona

Foto: Divulgação

O WhatsApp Pay função de pagamentos do WhatsApp , chega ao Brasil nesta segunda-feira (15/6). A funcionalidade permite transferir dinheiro e fazer compras em estabelecimentos por meio do aplicativo do mensagens.

As transações poderão ser feitas usando cartões de débito ou crédito de instituições financeiras parceiras. 

Os pagamentos serão processados pela Cielo e não preveem custos para consumidores e pessoas físicas. Já empresas terão de arcar com uma taxa por transação recebida (veja detalhes abaixo).

As pequenas empresas são um dos principais focos do lançamento. Segundo Matt Idema, diretor de operações do WhatsApp, a expectativa é ajudá-las a impulsionar as vendas. "O pagamento digital torna as vendas mais fáceis e convenientes, especialmente agora, com o isolamento social", disse ele a PEGN.

 
 

A função de pagamentos funcionará por meio do Facebook Pay. Segundo Idema, o lançamento abre caminho para que, no futuro, usuários brasileiros também possam fazer transações por outros aplicativos da empresa, como o Messenger.

A função será disponibilizada gradualmente aos usuários nas próximas semanas. Veja, abaixo, como usar o WhatsApp Pay para fazer transferências ou receber pagamentos.

Para empresas
Negócios poderão usar o recurso pelo WhatsApp Business. Será necessário cadastrar ou criar uma conta da Cielo pelo Facebook Pay, fornecendo dados como CNPJ, endereço e conta bancária da empresa. Após o cadastro, o aplicativo levará até três dias para liberar a função.
Já os clientes que quiserem pagar pelo WhatsApp precisarão ter um cartão de uma das instituições parcerias. Serão aceitos cartões de crédito e débito sem nenhum custo extra para o consumidor.As empresas não precisam ter uma conta em uma das instituições parceiras para receber pagamentos. Cada transação terá uma taxa de 3,99% e o dinheiro será recebido em até dois dias úteis. Não há limite de transações desse tipo.

Entre pessoas físicas
Para realizar transferências, é necessário que as duas pessoas tenham conta em alguma das instituições financeiras credenciadas. As transações não têm taxa e são concluídas no mesmo dia, se respeitado o horário de funcionamento da instituição, ou no próximo dia útil. Na função, apenas cartões de débito serão aceitos.

É possível enviar até R$ 1 mil por transação e receber até 20 transações por dia, respeitando o limite de R$ 5 mil por mês. Cada transação realizada deverá ser liberada com uma senha (PIN) ou por biometria. Segundo a empresa, o mecanismo garante que nenhuma ação seja realizada sem o consentimento do usuário, mesmo que o smartphone seja perdido ou roubado.

Segundo o diretor de operações do WhatsApp, o objetivo é continuar aumentando o número de instituições parceiras para levar a ferramenta a mais usuários. "O Brasil é um grande e importante mercado. Queremos ajudar mais pessoas a aderir aos serviços de pagamento digitais e aumentar a consciência sobre eles", diz ele.

 

Deixe seu comentário

* Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

Veja também

ESCLARECIMENTO DA ASSESSORIA JURÍDICA DA ACIR SOBRE POSSÍVEL LOKCDOWN

Deverão ser adotadas as providências necessárias conforme determinado, sob pena de multa di

SAIBA

Jornada do Comerciante: Dicas e estratégias para o seu negócio, faça a sua inscrição

O tradicional Encontro de comerciantes este ano será em formato digital

SAIBA

Projeto “Missão Cidadão - A nossa gente, cuidando da gente

O projeto se iniciou nesta terça-feira (7) e segue até o dia 21 de agosto. Durante esse perí

SAIBA