Acessar Credit Consult Acessar Credit Consult


Notícias

Futuros contadores conhecem a CBMAE da Acir

Data: 29/03/2019 - Fonte: Cláudia Bouviê
Futuros contadores conhecem a CBMAE da Acir

Foto: Cláudia Bouviê

Universitários têm verdadeira aula de como funciona uma CBMAE

A assessoria jurídica da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Rondonópolis recebeu os universitários do 4º ano de Ciências Contábeis da Universidade Federal de Rondonópolis para apresentar métodos extrajudiciais de solução de controvérsias implantados pela Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil - CACB.

Reforçando o conteúdo de sala de aula dentro da disciplina de Perícia, Mediação e Arbitragem, o professor Dr. Luiz Antônio Silvio Pereira acredita que o contato direto com quem pratica a conciliação ou mediação e arbitragem, é a melhor maneira de absorver o conteúdo. “Nossos estudantes certamente saem daqui com uma nova visão sobre a importância das negociações e busca de soluções de problemas por meio dessa ferramenta”, disse o professor a respeito do encontro dos alunos com o departamento jurídico da Acir.

A CBMAE foi implantada na Acir há pouco mais de 6 anos mas a Câmara está ativa mesmo nos últimos dois anos, com instalações físicas adequadas – exigidas pela CACB para que as partes tenham garantia de sigilo e privacidade na hora da busca da solução das controvérsias, e, segundo a advogada que recebe as partes e auxilia no protocolo dos requerimentos dos serviços oferecidos pela CBMAE, Dhandara Vilela, os resultados são positivos.

“A CBMAE atua prioritariamente em prol do desenvolvimento do ambiente de negócios para as empresas, caracterizada pela informalidade, agilidade, sigilo, e outras. Os métodos disponibilizados pela nossa Câmara oferecem decisões rápidas e especializadas para a solução de controvérsias pois, os mesmos não só abrem mais vias para dirimir litígios, mas também oferecem foros mais adequados, tal como arbitragem, para controvérsias mais especializadas, e em especial a esse método, ter essa turma de futuros contadores interessada em se especializar é de grande valia, pois um dos diferenciais da Arbitragem é que o julgamento seja feito por um profissional especializado no assunto que está sendo discutido”, explicou a advogada Dhandara Vilela.

Para os cerca de 40 estudantes de Ciências Contábeis, a experiência vivida numa ‘aula’ fora da Universidade e em contato direto com a CBMAE, foi extremamente importante e produtiva. O professor também ficou satisfeito com a visita técnica e colocou a UFR à disposição da Acir para parcerias que resultem em benefícios para as instituições envolvidas.

Deixe seu comentário

* Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

Veja também